InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Steinn Hallursson

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Steinn Hallursson

avatar

Localização : Chernaya Dyra Stantsiya, Rússia
Emprego : Dono e administrador da funerária Hallur & Dagnýv
Idade : 33
Mensagens : 752
Player : Nyna

MensagemAssunto: Steinn Hallursson   Dom Set 03, 2017 7:45 pm

DADOS BÁSICOS

    Nome completo: Steinn HallurssonLocal de nascimento: Akureyri, Norðurland eystra, IslândiaData de nascimento: 13 de julho de 1986Raça: Sangue-puroPatrono: Um abutre-fouveiro (também conhecido como "grifo")Varinha: Sabugueiro com veneno de Seringa, 9 polegadas, razoavelmente flexível


BIOGRAFIA

Infância

    Steinn nasceu em uma das maiores cidades da Islândia, Akureyri, no norte do país - mas Akureyri só é grande para os padrões islandeses, uma vez que tem pouco mais de 17 mil habitantes. É um lugar extremamente frio, com temperatura média anual em torno dos 4 graus, e dias que podem durar 21 horas no verão, e apenas 3 no inverno. Do ponto de vista do mundo trouxa, a cidade é importante na área do transporte, com portos, um aeroporto e ligação com a principal rota rodoviária do país. Mas lá também há uma pequena comunidade bruxa, próxima a uma catedral construída na década de 1940, pouco usada hoje em dia. Era lá que Hallur Örnsson e Dagný Valdissdóttir, pais de Steinn, viviam quando ele nasceu. Dagnýr trabalhava como professora para as crianças da comunidade, ensinando a elas as lições básicas antes que completassem 11 anos de idade e fossem estudar em alguma escola bruxa; e Hallur era o fundador, dono e gerente da única funerária do lugar, que atendia à população bruxa da região, incluindo as cidades vizinhas. Steinn cresceu praticamente dentro de casa, uma vez que o exterior frio não era muito convidativo, sendo educado pela própria mãe. Não parecia se importar com a solidão, e poucas vezes saía para visitar ou interagir com as crianças da comunidade. Era calmo, tranquilo e silencioso, e não se importava de ajudar a mãe nas tarefas domésticas. Às vezes acompanhava o pai no trabalho, sem demonstrar estranhamento ou medo diante do serviço literalmente fúnebre de Hallur; e depois de um tempo começou a demonstrar interesse naquilo, dizendo que um dia ia herdar a funerária, e ajudando o pai nas tarefas mais simples. Em seu tempo livre, gostava de ler e se dedicar a brincadeiras mais calmas, geralmente de faz-de-conta, mesmo sozinho - frequentemente era pego pela mãe conversando sozinho ou inventando histórias para si mesmo, em voz alta. Deu seus primeiros sinais de magia bastante cedo, antes dos cinco anos de idade; e parece já ter nascido com um dom para controlá-los, sem nunca ter causado acidentes.

Vida escolar


    • Escola: Gymnasium Der Burchtzwart
    • Casa: Phönix Gelehrter

    Aos 11 anos de idade, Steinn foi estudar no Gymnasium Der Burchtzwart, no Vale do Reno, em plena Floresta Negra. Embora relutasse um pouco em sair de casa e de perto dos pais, estava bastante curioso a respeito da escola e do que poderia aprender lá; e ficou satisfeito de ter sido selecionado para a Colônia Phönix Gelehrter, que, por tudo que ele já tinha ouvido falar, lhe parecia adequada. Ao longo dos seus sete anos de estudo, Steinn foi considerado um excelente aluno, com notas quase máximas em praticamente todas as matérias - por gostar de estudar e ainda por cima ser quieto e concentrado, o que fazia com que se distraísse pouco durante as aulas, ele conseguia ir bem até mesmo nas disciplinas que não o interessavam particularmente. Só teve algumas dificuldades ao longo de seu primeiro ano, já que ainda não dominava muito bem o alemão, mas tornou-se o primeiro aluno de sua turma após superar esse obstáculo. Nunca foi particularmente popular, e algumas pessoas implicavam com ele por ser "o queridinho" dos professores, mas não chegava a ser excluído ou se sentir infeliz com isso, e de forma geral gostou bastante de seu período na escola.Quando ia para casa, nas férias, Steinn continuava ajudando o pai nos negócios, e logo dominava todas as técnicas que o pai conhecia, desde a administração da funerária até a limpeza e o preparo dos cadáveres para os velórios: com quinze ou dezesseis anos, chegou a organizar sozinho alguns funerais, enquanto o pai cuidava de outros. Um interesse particular seu, que nasceu e se desenvolveu independentemente da influência do pai, eram as técnicas de mumifação e empalhamento de animais, e Steinn estudou o assunto por conta própria, combinando o que já sabia com coisas que descobriu em livros da biblioteca do Burchtzwart. Escondido, Steinn encontrou, matou e empalhou vários dos animais que viviam nos arredores da escola, fazendo diversas experiências com seres como gnomos, fadas e elfos-da-bavária, antes de se dar por satisfeito com sua técnica. Steinn se formou com honras, como um dos melhores alunos da escola, e o melhor de sua Colônia e seu ano.

Vida Universitária


    • Universidade Sileas College
    • Formado em: Ciências Biomágicas
    • Fraternidade: Runespoor

    Steinn não teve dificuldades para conseguir vagas e convites em muitas universidades bruxas depois da formatura, e acabou escolhendo a Sileas College, em Faoinrún, onde se matriculou no curso de Ciências Biomágicas. Fez parte da fraternidade Runespoor, onde chegou a fazer amigos, alguns deles bastante próximos; mas nunca se envolveu com mulheres - um fato que era um tanto comentado por seus colegas, assim como já havia sido na escola. Seu desempenho ao longo da faculdade foi basicamente o mesmo que na escola: excelente, com notas boas em quase tudo, e admiração por parte da maioria dos professores.Durante os quatro anos em que Steinn viveu em Faoinrún, na verdade, a esfera mais conturbada de sua vida foi a familiar. Hallur e Dagný já não se davam tão bem quanto haviam se dado um dia, e as implicâncias e brigas crescentes acabaram culminando em um divórcio, alguns meses depois de Steinn entrar na faculdade. Dagný foi embora de Akureyri e da Islândia, deixando o marido para trás; e explicando em uma carta destinada a Steinn que ainda o amava e queria manter contato com ele, mas que não queria mais viver a vida que havia vivido até então. Steinn ficou um tanto triste e abalado com tudo o que aconteceu, especialmente por sempre ter sido bastante ligado à família; mas aceitou a decisão dos pais. Em suas primeiras férias, passou alguns dias com o pai, e depois foi visitar a mãe em sua nova morada, na Rússia. Foi aí que Steinn descobriu que Dagný já estava vivendo com outro homem, e que parecia muito feliz e satisfeita com sua nova vida; e decidiu que precisava ficar ao lado do pai, que, este sim, parecia mais triste e confuso depois da separação. Assim, durante as férias, Steinn geralmente ia ficar ao lado do pai, continuando a ajudá-lo nos negócios; e se comunicava com a mãe mais através de cartas. Depois de um tempo Hallur parecia ter voltado ao normal, mas Steinn continuava voltando por gostar da companhia do pai e de trabalhar na funerária, e sentia que estava aos poucos sendo treinado para realmente assumir o negócio do pai. Se formou no tempo certo e recebeu uma homenagem por seu ótimo desempenho, e voltou a Akureyri, para pensar no que fazer de sua vida dali em diante.

Adulto

    Nada poderia ter preparado Steinn para o que aconteceu logo em seguida: dois meses após sua formatura, um feitiço mal executado contra o frio ateou fogo à funerária; e, muito pior do que as perdas materiais decorrentes do incêndio, Steinn se viu de repente orfão de pai, que morreu alguns dias depois do acidente, em consequência das terríveis queimaduras causadas por seu próprio feitiço. Steinn nunca havia sofrido uma perda ou uma tristeza tão grande, e mal reagiu: passou alguns dias um tanto apático, sem chorar, sem saber o que pensar ou fazer; e concentrou suas energias em apenas recuperar materiais suficientes para cuidar do cadáver do pai e enterrá-lo dignamente, com um belo funeral que reuniu toda a comunidade bruxa da região. Recomeçar, refazer a funerária e continuar o trabalho do pai pareciam a direção lógica a se tomar; mas antes Steinn deicidiu ir visitar a mãe na Rússia, para lhe contar o que havia acontecido e talvez ouvir algum conselho a respeito. Chegando lá, porém, ele deu de cara com outra reviravolta: Dagný estava sozinha, uma vez que seu novo relacionamento não tinha dado certo; e doente, muito doente. Steinn ficou realmente muito preocupado, e se mudou temporariamente para a Rússia, para cuidar da mãe. Passou quase um ano fazendo quase nada além de cuidar dela, tentando usar o que tinha aprendido na faculdade para curá-la, mas foi em vão: quanto Steinn tinha recém completado 24 anos de idade, sua mãe morreu, deixando-o completamente órfão e sozinho no mundo. Steinn reagiu de modo parecido ao que tinha reagido na época da morte do pai, de um jeito aparentemente um tanto indiferente, mas realmente muito abalado por dentro. Não que achasse a morte uma coisa terrível: ele havia se acostumado a ela, e já a tratava como algo absolutamente natural - até bom. O problema era que se sentia mesmo perdido, sem rumo. Com a mãe, Steinn fez diferente do que havia feito com o pai: em vez de enterrá-la, Steinn a mumificou, em um processo meticuloso, que consumiu boa parte dos seus dias naquelas semanas, distraindo sua mente de ter que tomar qualquer outra atitude ou decisão imediata. Por fim, depois de muito refletir, ele decidiu permanecer onde estava, na Rússia. Usando praticamente todo o dinheiro que tinha lhe restado, adquiriu uma casa na região de Chernaya Dyra Stantsiya; e montou no primeiro andar a sua funerária - que prosperou, por ser a única da região.Hoje é lá que Steinn vive, em Chernaya Dyra Stantsiya, na Rússia; morando sozinho e administrando a Hallur & Dagný, a funerária, cujo nome homanegeia seus pais. Steinn oferece praticamente qualquer serviço imaginável nesta esfera: funerais, velórios, mumificações, empalhamentos, fabricação de caixões e urnas funenárias; e até mesmo necrópsias clandestinas, feitas quando alguém não quer que determinada morte chegue aos ouvidos das autoridades - o que poderia acontecer caso a necrópsia fosse feita em um hospital. Teve problemas com o idioma russo logo que se mudou, mas já estava acostumado a aprender outras línguas, e não demorou a se adaptar. Hoje em dia é bastante conhecido, por ser o único que faz o que faz, e até mesmo reconhecido por ser bom nisso - mas é considerado uma figura um tanto curiosa e excêntrica até mesmo para os padrões da Chernaya, e muito se especula a respeito de seus hábitos e sua vida. Raramente leva alguém para casa, mesmo porque lá guarda o corpo da mãe - com o qual frequentemente conversa e interage, muitas vezes quase parecendo ter se esquecido de que ela está morta -; e prefere viver mais sozinho e recluso, com poucos amigos, e sem se envolver romanticamente com ninguém.Há cerca de dois anos, e de um modo bastante inesperado, Steinn começou a se aproximar de Georgina von Meickert, uma moradora de Chernaya; e também, por tabela, um pouco da irmã gêmea dela, Frida. Os dois compartilham um grande interesse por livros, e começaram a conversar por causa disso - logo já estava trocando livros, recomendando leituras um ao outro, e até mesmo falando sobre outros assuntos e saindo para caminhar ou beber um vinho juntos. De uns tempos para cá, os dois se tornaram realmente próximos, de uma maneira que Steinn nunca foi com ninguém - Georgina é a única pessoa que já chegou a visitá-lo em sua casa na Rússia, por exemplo; e até mesmo sabe a respeito do segredo da mãe de Steinn, sobre o qual mantém sigilo absoluto. Steinn poderia dizer que Georgina é sua amiga, se já tivesse parado para realmente tentar classificar esse relacionamento; mas os dois nunca foram além disso - ele nem pensa no assunto, e não se pergunta se Georgina algum dia já pensou. Há um ano e meio, depois de ter uma ideia durante uma conversa, os dois abriram um novo negócio: uma biblioteca, na qual Steinn, Georgina e Frida tornaram-se sócios. Embora não tenha descuidado de suas atividades na funerária, Steinn ficou realmente empolgado com o negócio mais recente: os três escolheram um local, conseguiram a autorização da gangue de Chernaya para seguir em frente, reuniram um bom acervo e montaram a biblioteca em si, inclusive com um evento de inauguração. Steinn nem pensou muito na parte financeira - fez isso porque livros sempre lhe interessaram, e trabalhar com eles é certamente um prazer -; mas a biblioteca tem sido um sucesso inesperado, com um movimento considerável todos os dias.A biblioteca aproximou ainda mais Steinn e Georgina, e ele inclusive vem ajudando a amiga a superar alguns problemas: há alguns meses, para se defender de um ataque, Georgina matou um homem; e foi Steinn quem a ajudou a se livrar do corpo. Agora, mais recentemente, ela tem tido lapsos de memória; e Steinn desconfia que possa ter a ver com algum trauma causado pelo assassinato, mas ainda não tem como ter certeza. Está um pouco preocupado, mas mantém-se calmo para poder ajudar Georgina quando e no que ela precisar.

PARENTES

    PAI: Hallur Örnsson

      Morreu aos 46 anos de idade, vítima de um incêndio causado por um acidente com um feitiço. Era um homem calado, tranquilo e dedicado ao trabalho; e trabalhou a vida toda em sua funerária, fabricando caixões, organizando velórios e preparando os cadáveres para eles.

    MÃE: Dagný Valdissdóttir

      Morreu aos 45 anos de idade, de uma doença misteriosa que parece ter tido uma origem sobretudo psicológica, consequência de uma depressão. Era uma mulher bonita e carismática, que gostava muito de crianças.


APARÊNCIA

    Steinn é muito pálido, com a pele bastante clara, e permanentes olheiras em volta dos olhos, como se sempre estivesse precisando dormir um pouco mais - consequência de seus hábitos predominantemente notunos. Seu olhos são grandes e redondos, verde-claros; seus lábios e o nariz são finos e delicados; e seu rosto é oval, levemente arredondado. Tem os cabelos negros e lisos, e os usa cortados curtos, de forma um tanto irregular. Tem estatura e peso medianos com cerca de 1,75m de altura, e 80kg. Veste-se quase exclusivamente de preto e branco, e de uma forma um tanto conservadora, quase antiquada até mesmo para os padrões bruxos: normalmente usa camisas de manga comprida, ternos, fraques, calças de alfaiataria e sapatos muito bem engraxados. Gosta de usar cartolas, luvas, e acessórios como abotoaduras e relógios de bolso. É bastante cuidadoso com a forma de se vestir, e suas roupas estão sempre muito limpas e bem passadas, como se ele estivesse sempre indo a uma festa formal - ou a um velório, quem sabe.

PERSONALIDADE

    Silencioso, discreto e observador; Steinn é, essencialmente, um solitário: não se importa de viver e estar sozinho, e até gosta disso, pois pode ficar imerso em seus livros, estudos, experiências e pensamentos, sem ninguém que possa distraí-lo ou reclamar disso. Mas não é que Steinn não goste de ter companhia - se encontra alguém que o entenda ou o interesse de algum modo, gosta bastante de conversar, filosofar sobre suas ideias a respeito da vida e da morte, e ouvir as opiniões alheias; sempre um tanto curioso a respeito da psicologia humana. É muito educado e quase cavalheiresco, fala corretamente, não usa gírias ou palavrões; e coloca um certo ar de poesia em tudo que fala, usando palavras que pouca gente usa. No fundo, é um sonhador, e consegue ver beleza e se maravilhar com coisas e situações nas quais a maioria das outras pessoas nem chega a prestar atenção. É fascinado pela morte e por tudo que diz respeito a ela, e por isso pode falar por horas a respeito de coisas que desagradam às outras pessoas, e ainda ter um senso de humor e de poesia meio mórbidos. É inteligente e tem facilidade para aprender as coisas pelas quais se interessa; e também é extremamente dedicado, meticuloso e caprichoso com as coisas de que gosta, o que faz dele uma pessoa bastante trabalhadora, a seu modo. Todas essas características agradam - e muitas vezes são úteis - à gangue que comanda os negócios em Chernaya Dyra Stantsiya, o que tem ajudado Steinn a sobreviver e prosperar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 
Steinn Hallursson
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Wizard World  :: OFF :: Personagens :: Fichas-
Ir para: